professor

O Curso

 

A metáfora é yoga. Ela começa com alguma coisa que todos nós temos feito desde o nascimento. Respiração; é o que fazemos durante todo o dia e até mesmo durante o sono sem sequer pensar nisso. A linguagem é a mesma coisa, todos nós falamos um idioma geralmente muito bem, apesar de muitos de nós nunca ter dado um segundo pensamento sobre como conseguimos isso.

A primeira etapa: Assim como ponto de partida utilizamos Português que já sabemos e traduzi-lo para Ingles. Isso nos mostra que não estamos aprendendo algo novo e estranho e sim que estamos adicionando ao que já sabemos. Assim como a Yoga é sobre aprender a respirar, aumentando o nosso poder de concentração e aquisição de flexibilidade física o que leva a uma compreensão de como podemos nos beneficiar se fazer os exercícios corretamente.

Na segunda etapa e' aprender a estrutura da língua. Nós recebemos a informação importante que qualquer falante nativo sabe intuitivamente, mas temos que aprender. Estes exercícios são curtos e acentuados e as respostas estão certas ou erradas. A maioria dos estudantes acham que esta e' a fase mais difícil, porque o conhecimento adquirido não e' posto em pratica continuamente. É como usar um mantra, sem saber realmente para o que é.

A terceira etapa reune tudo e o estudante começa a se comunicar e compreender o que está acontecendo, por vezes, ter uma percepção mais profunda a imagem maior e vendo onde alguns dos caminhos levam. Isto traz consigo um sentimento de realização, permitindo que o aluno seja imerso em algo que se tornou familiar. A quarta etapa é para o resto da vida de um estudante, ele ou ela irá decidir qual o caminho a seguir, americanos, britanicos, australianos ou outro Ingles e com o progresso da prática contínua é feita. A linguagem é realmente reconhecida quando o estudante abraça e compreende a sua cultura. Só assim pode alcançar nirvana, ou a verdadeira realização a ser alcançada.

 

 



teacher

The Course

 

The metaphor is yoga. It starts with something we have all done since birth. Breathing, is what we do all day long and even in our sleep without even thinking about it.
Language is much the same, we all speak one, usually quite well, even though many of us have never given it a second thought as to how we achieve this.

The first stage:
So as a starting point we use Portuguese that we already know and translate it to English. This shows us that we are not learning something new and alien rather that we are adding to that which we already know. Just as Yoga is about learning to breathe, increasing our powers of concentration and acquiring physical flexibility all of which leads to an understanding of how we can benefit if we do the exercises correctly.

The second stage:
In the second stage we learn the structure of the language. We are given the important information that any native speaker knows intuitively but  we must learn. These exercises are short sharp, and answers are either right or wrong. Most students find this the most difficult stage because the knowledge gained can not be put to much use as there is little continuity. It is like using a mantra, without knowing really what it is for.  

The third stage: 
The third stage brings it all together and the student begins to communicate and understand what is happening sometimes having deeper insights into the bigger picture and seeing where some of the paths lead. This brings with it a feeling of achievement, enabling the student to become immersed in something which has become familiar.
 
The fourth stage:
The fourth stage is for the rest of a student's life; he or she will decide which path to follow, American, British, Australian or other English and  with continual practice progress is made. A language is really only learned when the student embraces and understands its culture. Only this way can nirvana, or true fulfilment be achieved.